A importância da informação em tempos de pandemia

A importância da informação em tempos de pandemia

Categoria: Varejo | Autor: Mair Henrique | Data: 23.07.2020

E de repente, nos vemos diante de uma experiência inédita, para a nossa geração, um fenômeno de proporções mundiais que afeta a todos, sem exceção. A maior pandemia do nosso século, que nos obriga a buscar alternativas criativas para atravessar essa crise da saúde com prejuízos incalculáveis para todos setores da economia, face a mudança brutal do nosso comportamento social e por consequência do nosso padrão de consumo, causado pelo confinamento e isolamento social.

O comportamento de compras dos consumidores mudou, isso é um fato incontestável e requer entendimento e compreensão para identificarmos oportunidades de negócios, visando em muitos casos a nossa sobrevivência, em tempos de crise profunda como a que vivemos. E para compreender tais mudanças e seus impactos sobre o negócio, é vital que tenhamos dados confiáveis, atualizados e com o nível de detalhamento necessário para este entendimento.

Um bom exemplo disso, são os dados de vendas ao consumidor, através dos cupons fiscais que são uma fonte riquíssima de informações, pois nos dão uma fotografia precisa sobre o comportamento de compras dos consumidores e fornecem informações tais como o mix de compra, gasto médio, frequência de compras, dentre outras.

Mas precisamos mais que dados. Necessitamos estar atentos às novas tendências do mercado e aplicar inteligência analítica para transformar todos os dados disponíveis em informação gerencial para a tomada de decisão, cruzando dados, criando cenários, estabelecendo objetivos e metas e monitorando constantemente os resultados obtidos, fazendo correções de curso, sempre que necessário.

Um dos movimentos mais fortes observados durante esse período de pandemia, consequência do isolamento social, é a busca por canais de venda alternativos, como o e-commerce, que exige adaptações na operação tradicional das lojas físicas, trazendo novos desafios para o negócio. Nesses novos tempos de profundas mudanças, esta não deve ser vista apenas como mais uma opção, mas, mais do que nunca como uma estratégia comercial necessária que agrega valor aos serviços oferecidos aos consumidores e permite criar diferenciais sobre a concorrência.

Entretanto mais uma vez, torna-se imperativo ter informações que forneçam orientação para colocar em prática uma estratégia como esta, como custo de produtos neste tipo de operação, controle preciso sobre níveis e disponibilização de estoque, viabilização de toda logística para o delivery, assim como as margens a serem praticadas, de forma que viabilizem comercialmente a implementação dessa nova forma de atender aos clientes.

Resumidamente, o resultado da análise dos dados deve ter o caráter de um orientador ou guia que forneça insights e gere recomendações para decisões assertivas e que minimizem o erro.
Agora, mãos à obra.

Analise seus dados internos e os dados disponíveis sobre o seu mercado de atuação, transforme-os em informações gerenciais, valha-se de informações secundárias e gere insights que proporcionem decisões acionáveis.

Autor: Redação Super Varejo

Vercer

Cadastre-se em nossa newsletter

VarejoIndústria